OPEN CALL // FILHOS DO MEIO

 FILHOS DO MEIO

BOLSA DE CRIAÇÃO ARTÍSTICA

PARA ARTISTAS DO/NO DISTRITO DE SANTARÉM

29748627_10213939245908981_1772955877_o

O QUE É?

FILHOS DO MEIO é uma bolsa de criação artística lançada pela Materiais Diversos para apoiar, conhecer e dar a conhecer o trabalho de artistas do/no distrito de Santarém, em particular aqueles interessados em criar em estreita relação com os lugares e com as pessoas.

Em 2018, serão selecionados dois projectos artísticos, a desenvolver entre maio e agosto, preferencialmente no município de Alcanena.

A bolsa de criação inclui apoio financeiro, logístico e técnico, e acompanhamento dos projectos a desenvolver.

Os projectos selecionados integrarão o Programa Continuado da Materiais Diversos, em parceria com o Museu de Aguarela Roque Gameiro, em Minde, e com o BONS SONS, em Cem Soldos.

 

PARA QUEM?

A bolsa destina-se, exclusivamente, a artistas ou colectivos de artistas, nas áreas das artes performativas (excepto música) e das artes visuais, naturais ou residentes no Distrito de Santarém.

 

PORQUÊ?

Porque queremos criar e fortalecer cumplicidades nos lugares onde trabalhamos.

Porque acreditamos que o olhar singular e sensível dos artistas revela novas leituras sobre nós e os nossos lugares e nos abre à relação com os outros e os seus lugares.

Porque desejamos ambientes de criação colaborativos e acessíveis a mais pessoas.

Porque queremos partilhar meios, conhecimentos e relações.

Porque queremos abrir o nosso programa a diferentes sensibilidades e formas de estar no mundo.

Porque FILHOS DO MEIO nos permite concretizar a nossa missão – apoiar e divulgar a criação artística e sensibilizar públicos diversificados para as artes, especificamente no território onde desenvolvemos a maior parte da nossa programação.

 

COMO SE DESENVOLVE?

Cada artista ou colectivo de artistas poderá propor (apenas) um projecto original. O projecto poderá ser inédito ou o aprofundamento de um projecto já iniciado.

Os projectos deverão considerar o seu desenvolvimento em estreito diálogo com lugares, pessoas ou assuntos significativos no concelho de Alcanena, podendo relacionar-se com outros territórios do distrito de Santarém.

Uma das premissas de FILHOS DO MEIO é a criação de um ambiente de trabalho colaborativo, que envolva os artistas selecionados, a equipa da MD e, potencialmente, outros protagonistas (artistas, investigadores, habitantes locais, …).

Nessa medida, está previsto, pelo menos, um encontro de trabalho por mês, sendo os projectos acompanhados durante o processo de desenvolvimento, de acordo com o que for sugerido pelos criadores. Está ainda prevista (pelo menos) uma residência artística antes da primeira apresentação pública.

Haverá uma apresentação pública informal no Museu de Aguarela Roque Gameiro, que pretende ser um primeiro momento de contacto com o público. Será um momento descontraído, em que é possível apresentar o trabalho sob várias formas e conversar sobre os projectos, tendo em consideração a escala e as condições técnicas do espaço.

A apresentação pública no BONS SONS é enquadrada no âmbito de um programa mais vasto, em que se inclui uma mesa redonda sobre a importância do desenvolvimento de projectos artísticos e da fixação de artistas em lugares diversos, enquanto motores para a revelação de diferentes sensibilidades, vozes e formas de conhecimento.

 

CALENDÁRIO

05/04/2018 a 30/04/2018

Submissão de propostas

07/05/2018

Publicação dos resultados (todos os proponentes serão contactados directamente)

Entre Maio e Agosto de 2018

Desenvolvimento dos projectos (inclui encontros regulares, no mínimo um encontro por mês)

Junho ou Julho (uma semana a definir)

Residência artística em Alcanena

22 de Julho

Apresentação informal no Museu de Aguarela Roque Gameiro, em Minde (no âmbito do Programa Continuado da Materiais Diversos)

Entre 9 e 12 de Agosto (data a definir)

Apresentação pública no Auditório Agostinho da Silva, em Cem Soldos (no âmbito BONS SONS)

 

O QUE PROPORCIONA A BOLSA?

Apoio financeiro no valor de 2.500,00eur (inclui despesas com materiais e logística, exceptuando-se as despesas respeitantes à residência artística).

Ambiente de partilha, através de encontros regulares entre os artistas seleccionados, a equipa da MD e convidados (mínimo um encontro por mês).

Residência artística de uma semana, em data a definir entre maio e junho (despesas suportadas pela MD).

Apoio técnico.

Comunicação do projecto.

Apresentação work in progress no Museu de Aguarela Roque Gameiro (Minde).

Apresentação final no BONS SONS (Cem Soldos).

 

CRITÉRIOS DE SELECÇÃO

- Qualidade e relevância do projecto artístico

- Consistência da relação proposta com os lugares, temas e pessoas

- Adequação e exequibilidade do projecto mediante as condições propostas

- Clareza na apresentação

 

COMO CONCORRER?

Basta enviar, para o email inscricoes@materiaisdiversos.com, até ao dia 30 de Abril de 2018, os seguintes documentos:
- dossier de apresentação do projecto
- nota biográfica
- nota de intenção / motivação

Poderão ainda incluir informações suplementares, nomeadamente portfolio e links para material áudio ou vídeo.

 

CONTACTOS

inscricoes@materiaisdiversos.com

Diana Martins

Tlm 938 414 488