Elisabete Paiva

FOTO EP

Elisabete Paiva é Mestre em Estudos de Teatro, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com a dissertação “Teatro para Crianças: do impulso de jogo ao desejo de ser espectador”, e licenciada em Teatro/ Produção pela Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa.

Enquanto produtora independente colaborou com o Teatro O Bando, o Teatro do Vestido, Pedro Sena Nunes e Luís Castro e, entre 2003 e 2005, com o CENTA – Centro de Estudos de Novas Tendências Artísticas, momento fundador da sua atividade actual. Neste contexto desenvolveu vários projetos artísticos com as comunidades locais, donde se destacam, por serem pioneiros, o Programa de Formação Artística Contínua para o 1º ciclo e o Projeto (R)Existir, com Filipa Francisco, um dos primeiros de formação e criação com reclusos a nível nacional.

Foi entre 2006 e 2014 responsável pelo Serviço Educativo d’A Oficina, em Guimarães, designadamente do Centro Cultural Vila Flor e do Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Colocou nesta programação para públicos jovens a experiência artística ao centro de uma prática de questionamento sobre o mundo e sobre a relação entre o individual e o coletivo. Neste contexto criou e editou o LURA – jornal de artes e educação e concebeu o Programa Mais Dois – Programa de Aprendizagem em Artes Performativas para o 1º ciclo.

Foi a programadora do Serviço Educativo de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura e docente na Universidade Lusófona do Porto.

Atualmente é a Diretora artística da Associação Materiais Diversos e docente de Programação Cultural na ESTC – Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa e no Forum Dança.