TEMPO – Oficinas artísticas para crianças

TEMPO

TEMPO

OFICINAS ARTÍSTICAS PARA CRIANÇAS

por Sílvia Real, Bruno Cochat e Rita Pedro

entre 10 de Março e 16 de Junho

EB 2,3 Minde

EB 2,3 Cartaxo

Às vezes parece que o tempo não me está a acompanhar, outras vezes parece que está sempre atrás de mim e fico sem tempo para brincar. (Madalena, 11); Para mim o tempo é um amigo e se eu me organizar consigo fazer todas as coisas. (Lua, 12). O tempo ajuda -nos a marcar coisas especiais da nossa vida, como o dia do aniversario. (Miguel, 12); Será que o tempo está em toda a parte? (Luan, 8); O tempo não tem prazo de validade, não expira. (Gaspar, 13); Nunca morre, nunca lhe acontece nada! (Luana, 8); Quando não temos nada para fazer, podíamos esquecer por uns minutos que existe o tempo e sermos criativos. Será que o tempo tem um botão para ligar e desligar –se? (Gaspar, 13) 

Durante 5 anos, em colaboração com a Voz do Operário (Lisboa), Sílvia Real e um grupo de artistas de várias áreas desenvolveram um projecto piloto de educação artística com crianças do 1º e do 2º ciclo. A experiência, que colocou crianças e adultos lado a lado a pensar e a criar, resultou, finalmente, num espectáculo que foi apresentado em vários palcos do país, E se tudo fosse amarelo?.

Dando seguimento a esta experiência tão significativa, Sílvia Real e os restantes colaboradores do projecto (artistas e uma filósofa), propõem formar núcleos de oficinas artísticas noutras escolas, de modo a permitir que mais crianças tenham acesso a esta vivência significativa e a partilhar os seus métodos com outros artistas, pais e educadores.

 

Sílvia Real estudou dança clássica com Luna Andermatt. Estudou na London Contemporary Dance School e no Lee Strasberg Theater Institute. Trabalhou como intérprete com João Fiadeiro, Vera Mantero, Miguel Pereira e Francisco Camacho. Em 1999, fundou com o músico Sérgio Pelágio as Produções Real Pelágio e juntos criaram a trilogia Casio Tone/Subtone/Tritone, entre outros trabalhos. Recentemente destaca a criação de um espetáculo para a companhia Comédias do Minho. Ensina regularmente e durante 4 anos (2007/2011) ensinou a disciplina de performance na Escola Superior de Teatro e Cinema aos alunos finalistas do Curso de Interpretação. Recentemente tem-se dedicado de forma intensiva à atividade pedagógica de caráter artístico.